Shake para emagrecer funciona?

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!


Shake para emagrecer funciona?

5 de setembro de 2017
Equipe Geração Fit

shake para emagrecer

O shake para emagrecer é sempre citado entre as pessoas que estão à procura do emagrecimento rápido. Sua utilização é considerada um tabu, pois muitos profissionais defendem o uso já outros nem tanto.

A obesidade é uma epidemia que tem crescido assustadoramente em todo o mundo. Organizações e órgãos governamentais têm intensificado o trabalho de combate, o que faz com que pessoas obesas se conscientizem, cada vez, mais sobre a importância de perder peso, não só por questões estéticas, mas, principalmente, por questões de saúde.

Porém, muitas vezes, a correria do dia a dia impede com que essas pessoas se alimentem corretamente, principalmente quando estão fora de casa.

Por este motivo, os shakes estão presentes em vários planos alimentares e podem ser uma solução simples e prática para quem quer emagrecer sem sofrimento.

De acordo com a legislação brasileira, os shakes industrializados são classificados como substitutos parciais ou totais de refeição, dependendo de sua composição. A formulação das versões industrializadas é controlada para permitir uma “refeição” balanceada, e hipocalórica e nutricionalmente adequada à necessidade de indivíduos saudáveis.

Mas, será que os shakes para emagrecer realmente emagrecem? Será que eles podem mesmo ser considerados aliados? É o que vamos descobrir agora!

Shake para emagrecer: o que é?

shake para emagrecer o que é

É um produto composto por ingredientes ricos em vitaminas, minerais, proteínas e hipocalóricos, podendo ser acrescentado de fibras ou outros nutrientes. Essa mistura quando acrescentada ao leite, bebida de soja, água e outros tipos de líquidos, e batida no liquidificador, auxilia no processo de emagrecimento, pois possuem valor calórico menor do que uma refeição comum.

Entretanto, escolher um bom shake para emagrecer, exige cuidado! Caso deseje utilizar uma opção industrializada, é importante verificar a composição nutricional do produto para que esteja de acordo com suas necessidades; e, caso opte por uma versão caseira é necessário escolher uma receita que contemple os nutrientes necessários para se substituir uma refeição sem causar deficiências nutricionais a longo prazo. Por isso, recomendamos que um nutricionista seja consultado para te ajudar na escolha que melhor se encaixe em sua rotina

Shake para emagrecer: benefícios

shake para emagrecer benefícios

Os benefícios dos shakes irão depender da composição do produto. Aqui iremos citar os principais benefícios que podem ser observados com a utilização correta de um shake para emagrecer industrializado:

  • Devido a sua composição de fibras promove: aumento da saciedade, melhora do funcionamento do intestino, redução do colesterol;
  • Aumento da massa muscular, caso associado a atividade física;
    Baixa concentração de açúcar;
  • Melhora no metabolismo, pelo equilíbrio de vitaminas e minerais;
  • Mais disposição no período após a refeição, se comparado com alimentações calóricas e que demandam mais energia para digestão.

Ainda assim, é essencial conciliar o uso com uma alimentação saudável e balanceada, pois, mesmo que tenham uma boa quantidade de nutrientes, eles não substituem a comida de verdade.

Os shakes emagrecem mesmo?

os shakes emagrecem mesmo

A perda de peso é causada quando gastamos mais energia do que consumimos, sendo assim o shake para emagrecer é um grande aliado do emagrecimento sim, afinal, tem poucas calorias e ajuda a saciar a fome.

Contudo, é importante ressaltar que há muitos casos de pessoas que voltam a engordar depois que param de tomar o shake, o famoso efeito sanfona.

Para que o consumo da bebida seja considerado saudável e eficaz, é preciso aliá-lo a uma reeducação alimentar elaborada por um profissional de Nutrição e à exercícios físicos regulares.

Por que o uso de shakes de forma errada pode resultar no efeito sanfona?

por que o uso de shakes de forma errada pode resultar no efeito sanfona

O shake para emagrecer é sempre associado às dietas em que o emagrecimento acontece de forma instantânea.

Essa maneira de perder peso não é a mais indicada, pois quando perdemos peso muito rápido, a chance de adquirir tudo de novo após a fase mais rígida do plano alimentar é grande.

O ganho de peso acontece pois não estabelecemos uma reeducação alimentar e, portanto, não adaptamos nosso corpo à uma nova rotina alimentar. Isso ocorre, principalmente, se durante o período da dieta forem utilizados artifícios como “dia do lixo”, e quando voltamos à alimentação antiga (desequilibrada), o corpo tende a compensar esse tempo da dieta acumulando energia em forma de tecido adiposo.

Para um emagrecimento saudável e duradouro reforçamos a importância de usar o shake para emagrecer de forma consciente e saudável, sem abrir mão da boa e velha comida de verdade e, claro, aliado à prática de exercícios físicos.

Como aliar o shake para emagrecer com a alimentação?

como aliar o shake para emagrecer com a alimentação

Ao realizar um plano alimentar rígido para perda de peso, muitas vezes, encontramos dificuldade em obter todos os nutrientes necessários para manutenção do metabolismo.

Assim, os shakes para emagrecer industrializados são bastante vantajosos, pois adequam o déficit nutricional da dieta sem agregar excesso de calorias, além de serem portáteis e muito simples de preparar, basta misturar o pó ao líquido de sua preferência e pronto.

Além disso, é uma ótima alternativa a tentação dos alimentos processados ​​não-saudáveis, muito comuns nas lanchonetes tradicionais.

Posso substituir uma refeição pelo shake para emagrecer?

posso substituir uma refeição pelo shake para emagrecer

Sim, de acordo com a legislação, o shake industrializado pode ser utilizado para substituir até 2 refeições no dia – para isso existe um padrão de formulação mínima a ser seguido pelas empresas que garantam que você não adoeça por falta de nutrientes.

Para definir se é melhor substituir uma ou duas refeições é preciso entender quanto será o objetivo da perda de peso, qual o prazo e que tipo de atividades físicas serão associadas ao uso do shake. A escolha das refeições que serão substituídas também irá depender de sua rotina e horário da prática de atividade física.

Além disso, as outras refeições devem ser balanceadas, para que o efeito de déficit calórico e alto valor nutricional seja mantido.

Shakes para emagrecer degradam massa muscular?

shakes para emagrecer degradam massa muscular

Assim como qualquer prática sem o devido acompanhamento profissional, o shake para emagrecer, pode sim degradar massa muscular.

É bem provável que você conheça alguma pessoa que já tenha emagrecido dezenas de quilos, segundo ela, apenas fazendo uso do shake para emagrecer. O que pode sim ser de fato verdade. Porém, o que acontece geralmente nesses casos é um emagrecimento não-saudável, em que há perda significativa de massa muscular.

Como vimos no artigo sobre a flacidez após processo de emagrecimento, a perda de massa muscular se dá devido a ingestão insuficiente de proteínas, dentre elas, queratina e colágeno, responsáveis pelo controle do tônus da pele.

Me sinto “pesada” após tomar o shake. É normal?

Dependendo dos ingredientes, principalmente da fonte e quantidade de proteína do shake para emagrecer, a sensação de estômago estufado pode aparecer. Isso se dá pela maior dificuldade de digestão de proteínas vegetais, associado ao excesso de fibras.

Por quanto tempo devo utilizar os shakes para emagrecer?

O ideal é que o consumo deste tipo de alternativa alimentar seja feito até alcançar a meta desejada. No entanto, caso demore para atingir seu objetivo, o ideal é que consulte o seu nutricionista para avaliar a possibilidade de parar de tomar o shake.

O consumo de alimentos na forma líquida, principalmente para quem faz 2 substituições de refeições ao dia, altera a quantidade de síntese de enzimas digestivas e reduz o tamanho das vilosidades intestinais, pois seu corpo entende que já não é mais necessário tanto esforço para se realizar a digestão.

O período máximo deve ser acordado com seu médico ou nutricionista, que avaliará suas necessidades individuais.

Contraindicações

Os shakes emagrecedores são formulações voltadas a adultos saudáveis e, por isso, não são indicados para mulheres que estejam grávidas ou em processo de amamentação de seus bebês; crianças, adolescentes e idosos.

É importante lembrar que o uso do shake para emagrecer deve ser feito sob a devida orientação de um nutricionista ou médico, pois planos alimentares que tenham os shakes como base podem provocar carências nutricionais representando riscos à saúde.

Como escolher o seu shake para emagrecer industrializado

No mercado, há uma grande variedade de shakes e a qualidade nutricional de cada um vai resultar dos ingredientes de sua composição.

Aqui no Brasil, o nome oficial dos shakes é “Alimentos para Redução de Peso por Substituição Parcial das Refeições” e são regulamentados pela Legislação específica dos Alimentos para Controle de Peso. Cuidado com produtos que se dizem “shakes” mas que não tenham a denominação oficial em seu rótulo, pois assim não é garantido que sua composição siga a legislação específica para alimentos para controle de peso.

Além disso, preste atenção na tabela nutricional, sempre o primeiro ingrediente da lista é o que está em maior quantidade no produto.

Analise o rótulo. É ele que vai mostrar todos os componentes presentes, como carboidratos, proteínas, vitaminas diversas, gorduras e minerais.

O ideal é que fórmula não contenha açúcar, nem gorduras saturadas ou trans. É importante que possua fibras solúveis e insolúveis e que a porção de proteína seja superior a de carboidrato.

Os shakes caseiros também são uma boa opção para quem não quer gastar com shakes industrializados que muitas vezes tem um custo alto.

Existem diversas receitas disponíveis com opções com frutas, legumes, cereais integrais e sempre uma opção de leite desnatado ou vegetal.

Essas receitas caseiras não apresentam o mesmo teor nutricional de shakes industrializados, pois estes acrescentam vitaminas e minerais sintéticos, ao contrário da versão caseira que depende da composição nutricionais dos alimentos que serão batidos. Por este motivo, o shake para emagrecer caseiro não é aconselhável para se fazer 2 substituições de refeições ao dia, sendo no máximo 1, e também não deve ser utilizado para substituir refeições maiores como o almoço e o jantar, que demandam mais nutrientes.

As versões caseiras são boas para substituir o café da manhã ou os lanches intermediários.

Para garantir um bom aporte nutricional de seu shake caseiro, utilize receitas com tabelas nutricionais disponíveis ou consulte seu nutricionista sobre o teor de nutrientes contidos nos shakes que pretende fazer em casa.

Como fazer o seu próprio shake?

como fazer o seu próprio shake

Com toda essa preocupação em relação ao consumo exagerado de produtos industrializados, vamos dar algumas dicas para você poder criar seu próprio shake para emagrecer na sua casa.

Primeiro, escolha uma proteína de qualidade superior, como o Whey Protein, ele alimenta e sacia o organismo, além de ajudar na construção e na recuperação muscular.

Outro ingrediente essencial está relacionado às fibras. Igualmente importantes, elas também são capazes de dar a sensação de saciedade, além de melhorar o funcionamento do sistema digestório.  Os alimentos ricos em fibras que podem ser utilizados nos shakes são: aveia, farinha de linhaça dourada, chia, etc.

Por fim, acrescentamos as vitaminas, vindas de frutas, que poderão ser variadas, para que se crie um rodízio de sabores, evitando, dessa forma, que a pessoa enjoe rapidamente do shake e abandone a dieta.

Receitas fáceis de shake para emagrecer

Listamos abaixo 3 receitas fáceis e gostosas de shakes para você preparar em casa (o leite pode ser substituído por whey protein, para aumentar o aporte proteico da receita):

  1. Ingredientes

  • 100 ml de leite desnatado
  • 1 colher sopa de linhaça
  • ½ mamão papaya
  • 1 colher de sobremesa de mel (opcional)

Bata tudo no liquidificador e sirva na hora.

  1. Ingredientes

  • 1 pote de iogurte natural desnatado
  • ½ xícara de chá de manga picada
  • ½ goiaba
  • 2 colheres de chia

Bata tudo no liquidificador e sirva na hora.

  1. Ingredientes

  • 4 morangos
  • ½ banana
  • 1 colher de leite em pó desnatado
  • 1 colher de aveia em flocos
  • 100 ml de água gelada

Bata tudo no liquidificador e sirva na hora.

Conclusão

A falta de tempo e a rotina são condições cruciais que interferem negativamente na nossa alimentação. Hoje a obesidade se tornou uma epidemia e cada vez mais pessoas buscam formas de emagrecimento que se adaptem à sua rotina corrida.

O uso dos shakes para emagrecer são recomendados caso sejam utilizados de forma coerente, como um complemento de uma dieta saudável, calculada de forma individualizada e sempre de acordo com necessidades individuais.

Se estas condições forem atendidas, com disciplina e empenho, e a prática regular de atividade física,, com certeza será possível atingir bons resultados.

Lembre-se que para evitar o efeito sanfona é necessário uma reeducação alimentar associada ao uso dos shakes!


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos Relacionados