Aviso: perda de peso acelerada exige máxima atenção à disponibilidade energética para não provocar desequilíbrios, como a infertilidade

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Aviso: perda de peso acelerada exige máxima atenção à disponibilidade energética para não provocar desequilíbrios, como a infertilidade

7 de Maio de 2018
Gabriela Dantas (CRN 46136)
Nutricionista

perda de peso

A perda de peso é algo que não sai da cabeça da maioria das mulheres não é mesmo? E posso dizer que nos dias de hoje, os homens também não saem atrás com essa preocupação em estar em boa forma física.

Emagrecer está totalmente relacionado com a mudança da autoestima, sentir-se bem consigo próprio, com o corpo e principalmente estar em dia com a saúde. Em muitos casos, a perda de peso é crucial para tratar doenças crônicas ou alguma condição médica similar, indo além da estética.

A ânsia em perder peso facilmente e rapidamente faz com que as pessoas se submetam a dietas restritivas, uso de medicamentos indiscriminadamente e métodos que podem trazer danos à saúde do corpo.

Os efeitos de se perder peso aceleradamente, pode ocasionar nas mulheres, distúrbios hormonais ligados ao ciclo menstrual e interferências na fertilidade, acarretando inúmeros prejuízos à saúde a curto e longo prazo.

Vamos entender o que acontece no organismo quando há perda de peso acelerada e quais são as consequências referente a esse processo.

Perda de peso: o que acontece com o corpo

perda de peso o que acontece com o corpo

Nosso corpo possui uma necessidade energética total para as atividades do dia a dia, sendo que essas calorias podem ter muitas variáveis como: alimentação, estresse, atividade física, qualidade do sono, rotina em geral e para as mulheres o ciclo menstrual. Lembrando que essas variáveis podem acelerar ou retardar o emagrecimento.

O processo de perda de peso começa com a famosa dieta. Ela é constituída por uma diminuição das calorias que estamos acostumados a consumir, além da troca de alimentos considerados ruins por alimentos mais saudáveis.

Além disso, a atividade física exerce importante papel neste processo, pois é responsável por ajudar a gastar as calorias e fazer com que o corpo responda melhor a queima de gordura.

No emagrecimento ocorre um balanço negativo entre as calorias que o corpo gasta (atividade física) e as que são consumidas (dieta). Quando isso ocorre, o organismo usa nossos estoques energéticos para cumprir suas funções naturais e se manter ativo e uma consequência disso é a perda de peso.

Todo o processo de perda de peso que citamos acima é considerado o ideal, pois além de estar sendo realizado de maneira que respeita as funcionalidades do corpo, está também dando o tempo correto para que as adaptações e mudanças de peso ocorra.

Perda de peso: riscos de emagrecer rapidamente

Emagrecer rapidamente é o sonho de todos que estão à procura do corpo ideal, porém os métodos usados para chegar a esse resultado podem ser extremamente prejudiciais à saúde.

Isso ocorre quando se opta por dietas muito restritivas, onde há drástica diminuição da disponibilidade energética, quando são utilizados inibidores de apetite, laxantes e, também, quando há abuso das atividades físicas.

A perda de peso acelerada e de forma desregulada, ou seja, quando há preocupação apenas com o peso na balança e não com a diminuição da gordura corporal, gera inúmeros desequilíbrios, são eles:

Desnutrição

A falta de alimentos e consequentemente de vitaminas e minerais que uma dieta restritiva pode trazer, pode deixar o organismo desnutrido.

Perda de cálcio e potássio

A falta desses nutrientes pode acarretar arritmias cardíacas, infecções, constipações, ossos e unhas fracas, irritabilidade, cólicas menstruais, náuseas e vômitos.

Anemia

O ferro desempenha um papel importante na manutenção do sistema nervoso e no transporte de oxigênio para os glóbulos vermelhos, sua ausência pode causar problemas sérios de saúde.

Fome exagerada

Isso ocorre, pois quando comemos bem menos do que estamos acostumados, a leptina, hormônio da saciedade diminui e a grelina, hormônio da fome aumenta, fazendo com que a gente sinta mais fome do que o normal.

Outros desequilíbrios

As complicações estão relacionadas também a diminuição da massa óssea e consequentemente ao aumento na prevalência de fraturas e alterações no sistema cardiovascular e imunológico.

Além disso, nos últimos anos os estudos relacionados a perda de peso acelerada e o possível quadro de infertilidade que ela pode causar vem ganhando novos rumos.  Vamos entender o que é a infertilidade e como perder peso rapidamente pode contribuir para esse distúrbio.

O fator infertilidade?

A infertilidade é basicamente a incapacidade de uma pessoa reproduzir após, pelo menos, um ano de tentativas e sem o uso de métodos contraceptivos. É um problema que aflige homens e mulheres e as causas podem ser inúmeras para ambos os sexos.

Destacando os fatores relacionados a infertilidade na mulher, podemos citar os mais comuns, que são: problemas hormonais, alterações tubárias e no útero, problemas na ovulação e a endometriose.

Perda de peso acelerada X infertilidade

perda de peso acelerada x infertilidade

Já falamos que a perda de peso muito rápida pode ocasionar muitas reações adversas no corpo, e um desses desequilíbrios são os de origem hormonal.

As mulheres que se submetem ao emagrecimento acelerado, sem observância se o que está sendo perdido, em sua maioria, é tecido adiposo (gordura), possuem chances de ter alterações no ciclo menstrual como a amenorreia (ausência de menstruação), oligomenorreia (menstruação com frequência anormal) e a anovulação (ausência da ovulação).

Com esses fatores alterados, o aparecimento de quadros de infertilidade não será algo incomum, levando em consideração que com essas alterações poderão ocorrer a inibição da produção de estrógeno e outros hormônios, que impedirá a formação e liberação dos óvulos para fecundação.

Um estudo publicado esse ano na American College of Sports Medicine, acompanhou um grupo de mulheres divididas através de sua disponibilidade energética.

Lembrando que a disponibilidade energética nada mais é do que déficit entre a energia que gastamos menos a energia que consumimos através da alimentação. Sendo assim, foi verificado que as mulheres com baixa disponibilidade não eram as mais magras, portanto as dietas restritivas junto com a atividade física não estavam relacionadas a perda de peso.

Além disso, foi percebido que as mulheres que tinham a disponibilidade energética menor, ou seja, aquelas que consumiam poucas calorias e gastavam muito mais, tiveram alterações graves no ciclo menstrual.

Perca peso com responsabilidade

perca peso com responsabilidade

Este é um passo crucial na hora de pensar em emagrecer. Perder peso com consciência trará resultados mais satisfatórios e consequentemente duradouros.

Achar a dieta mais adequada, que respeite sua necessidade de nutrientes não é fácil, por isso, a primeira dica é: procure um profissional especializado na área de nutrição e emagrecimento, pois é apenas ele que identificará quais são suas reais necessidades e fará um plano nutricional eficiente e que esteja de acordo com você.

Além do mais, vamos te dar algumas dicas de como se alimentar melhor e, consequentemente, perder peso de forma saudável e eficaz, e te dar uma ajudinha caso esteja pensando em engravidar:

Variedade dos alimentos

Ter uma dieta equilibrada, agregando todos os tipos de alimentos na dieta é fundamental na hora de pensar em perder peso. Portanto, se beneficie dos grãos, de preferência integrais, frutas, legumes, gorduras boas, proteínas magras e alimentos ricos em vitaminas e minerais.

Evite os industrializados e o álcool

Estes produtos ricos em açucares simples, gorduras e produtos químicos podem sabotar sua dieta, além de te prejudicar caso esteja pensando em engravidar.

Faça atividade física

Sem dúvidas, essa dica é essencial para quem está pensando em perder peso. Os exercícios são responsáveis por prevenir doenças cardiovasculares, diabetes, depressão, ansiedade, diminuir a hipertensão, além de controlar o peso corporal.

Evite grandes déficits calóricos

Para que a perda de peso aconteça de forma gradativa, sem prejudicar as funções do corpo, a quantidade de kcal de déficit entre o que gastamos e o que ingerimos nunca deve ser exagerada. Desta forma, prevenimos distúrbios, como os citados acima e, também, problemas o efeito sanfona.

Beba água

Pode parecer uma dica clichê, mas muita gente ainda se esquece dela. A água está presente em inúmeras atividades no corpo. Ela hidrata a pele, os olhos e o cabelo, melhora o funcionamento do cérebro e do intestino, auxilia no aumento de massa muscular e “limpa o organismo” contribuindo significativamente para a perda de peso. Portanto nunca se esqueça dela. O ideal é ingerir pelo menos 2 litros de água por dia.

Perda de peso: quais são as necessidades nutricionais das mulheres em idade fértil?

perda de peso quais são as necessidades nutricionais das mulheres em idade fértil

Para as mulheres que estão querendo engravidar, estar nutrida e com o aporte de vitaminas e minerais em dia é essencial. Nesta fase alguns nutrientes são fundamentais para que o corpo trabalhe corretamente e a fecundação ocorra.

Os macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) são importantes nesse período, pois são eles que garantirão as calorias necessárias no dia, além de fazer parte de várias funcionalidades do organismo.

Dentre os micronutrientes que devem compor uma alimentação saudável de mulheres durante a idade fértil destaca-se o ferro, ácido fólico, cálcio, selênio, zinco e a vitamina C.

Conclusão

Apesar de já estar bem estabelecido que a redução na ingestão calórica juntamente com o aumento do gasto energético, a partir de uma prática regular de exercícios físicos, é a melhor alternativa para perda de peso, fazer isso de maneira exagerada faz com que o organismo passe por diversas instabilidades que podem causar danos à saúde.

Foi justamente para pessoas que desejam perder peso rapidamente que foram criadas inúmeras dietas restritivas. Elas, muitas vezes, são vistas como um antídoto milagroso para quem quer emagrecer rapidamente. Após este artigo sabemos que fazendo isso podemos provocar danos severos em nosso organismo. Um desses danos é a alteração do ciclo menstrual, que pode levar a infertilidade. Portanto, consulte um nutricionista e perca peso de maneira saudável e eficaz.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos Relacionados