Subir escadas: exercício emagrece muito, define o bumbum e fortalece as pernas

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Subir escadas: exercício emagrece muito, define o bumbum e fortalece as pernas

24 de novembro de 2017
Dalcia Klimaczewski
(Estudante de Nutrição)

subir escadas

Subir escadas: exercício queridinho das famosas queima até 400 calorias a cada 30 minutos!

O simulador de escada está se popularizando em diversas academias e conquistando cada dia mais fãs. Isso porque o aparelho é um poderoso aliado na queima de calorias e na tonificação dos músculos, trabalhando as pernas e o bumbum.

Os resultados são tão bons, que ele já conquistou lugar especial na casa de famosas, como a atriz Fernanda Souza, que garantiu um simulador para chamar de seu. Por influência da amiga, a atriz Giovanna Ewbank também se apaixonou pelo exercício e a lista de famosas adeptas da escada não para por aí. A apresentadora Sabrina Sato também é praticante da modalidade.

Mas por que o exercício de subir escadas é tão bom?

O segredo no exercício de subir escadas está no movimento, que gera forte contração muscular. Os músculos das pernas são exigidos de forma a produzir força resistente, proporcionando manter um trabalho de contração e relaxamento por tempo prolongado.

Queima calórica

Por exigir muito dos músculos, o exercício queima muitas calorias. A quantidade é variável de pessoa para pessoa, por causa dos metabolismos diferentes. Também é preciso levar em consideração o ritmo (intensidade) em que se pratica a atividade, mas podemos considerar até 400 calorias a cada 30 minutos”, conta o especialista.

Qual a melhor forma de praticar?

Estudos mostram que é interessante alternar ambas possibilidades para que o corpo não se adapte as características de execução, o que pode fazer com que se queime menos calorias.

Posso usar a escada do prédio?

Como os movimentos são os mesmos, é totalmente possível praticar na escada do prédio ou no escadão da rua, a variação da intensidade é que muda e influencia a efetividade da prática.

Pode-se fazer a mesma comparação entre correr na esteira e na rua, onde correr na rua é mais difícil devido a força exercida para deslocar o corpo, situação que não ocorre na esteira. Funciona da mesma forma na escada.

Restrições e erros no simulador de escada

Apesar de não existirem contraindicações, é sempre importante consultar um profissional antes de iniciar a atividade. É importante ficar atenta ao surgimento de dores e incômodos.

Também é importante estar atento à forma de execução do exercício. Conforme a pessoa vai se cansando, o corpo busca posições mais confortáveis que acabam sobrecarregando regiões como lombar, quadril e joelhos. Isso sem falar nos braços que buscam apoio para ajudar a sustentar o tronco e assim geram um alto nível de tensão nos ombros, trapézio e cervical.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO