Petiscos fit: conheça 5 alternativas saudáveis aos tradicionais petiscos gordurosos

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Petiscos fit: conheça 5 alternativas saudáveis aos tradicionais petiscos gordurosos

1 de fevereiro de 2018
Equipe Geração Fit

petiscos fit

Petiscos fit: conheça 5 saudáveis alternativas para acompanhar a sua bebida favorita nos dias de praia ou piscina.

Passar o dia inteiro na praia pode ser uma delícia, mas nos preocupamos tanto com a diversão e o descanso que a alimentação acaba sendo deixada de lado.

Quando a fome aperta, a primeira coisa que vem a cabeça de muita gente é o vendedor ambulante, com o isopor cheio de alimentos que, além de calóricos, podem causar um prejuízo danado à sua saúde. “Os petiscos vendidos na praia podem oferecer risco à saúde, principalmente os que são feitos sem higiene”, afirma a nutricionista Gabriela Marcelino, da Congelados da Sônia, no Rio de Janeiro.

Ela conta que Alimentos à base de proteínas, por exemplo, precisam permanecer em uma temperatura adequada para não estragar. Na praia, é legal você levar algo de casa, sempre que possível leve petiscos preparados em casa com higiene e conservado na geladeira até a hora de sair. Para transportar, deve-se levar tudo dentro o ideal é utilizar uma bolsa isotérmica , aconselha a nutricionista, principalmente nos dias de calor mais intenso.

Confira 5 alternativas saudáveis de petiscos fit para substituições mais saudáveis substituir os famosos petiscos de praia:

Petiscos Fit

Queijo coalho

Esse tipo de queijo, além de ser calórico, deve ser mantido em temperatura de refrigeração – o que, na praia, fica difícil. Cada 100g dele contém 343 kcal. Mas não é só a caloria que preocupa nesse petisco, a quantidade de sódio também é alta.

Substitua por: queijos pasteurizados

Aproveite a sua bolsa térmica para carregar consigo queijos pasteurizados UHT, aqueles vendidos em embalagens individuais. Além de práticos, não necessitam refrigeração (desde que armazenados em local fresco e ao abrigo de luz) e contêm menos sódio.

Camarão frito

Para a nutricionista Gabriela, essa opção é permitida com cautela, e desde que comprada em um quiosque de confiança, onde é possível vê-lo sendo preparado. Segundo a tabela da USDA, 100g desse alimento conta com 308 kcal. Mas o problema maior é a fritura. “O camarão frito é prejudicial por possuir muita gordura saturada, que aumenta o risco de doenças cardiovasculares”, afirma a nutricionista Paula Castilho, da Sabor Integral Consultoria em Nutrição, em São Paulo.

Substitua por: Camarão no bafo

Se você já é frequentador assíduo e conhece o dono do quiosque, peça a ele que faça a sua porção no ‘bafo’ da frigideira, sem adição de óleo, assim a caloria diminuirá. Se não for possível, coloque um guardanapo de papel em cima do prato que vai servir o camarão, assim ele absorverá um pouco da gordura da fritura.

Pastel frito

O pastel deve ser evitado, assim como coxinhas, risoles e similares. Como toda fritura, eles têm calorias altas e nem sempre a qualidade do óleo utilizado é boa. Um pastel de carne com 50g tem, em média, 165 kcal, e um pastel de queijo com o mesmo peso, 170 kcal.

Substitua por: salgados assados

Se, para você, o salgado é uma maneira prática de se alimentar na praia, que tal dar preferência aos tipos assados, como um quibe ou esfiha? Eles não têm adição de óleo e contém, aproximadamente, apenas 80 kcal por unidade.

Salgadinho industrializado

Muito popular entre as crianças, os salgadinhos industrializados são petiscos que ameaçam a boa forma e a saúde. Eles devem ser evitados, por serem alimentos com calorias vazias, ou seja, não ofertam nutrientes ao organismo, possuem muito sódio e não saciam a fome. As calorias desses salgadinhos variam entre 200 e 500 kcal a cada 100g.

Substitua por: Salgadinhos de soja

As crianças podem até fazer cara feia, mas esse salgadinho também é saboroso. Os benefícios da soja são conhecidos: ameniza os sintomas da menopausa, faz bem ao coração, melhora as funções cognitivas e por aí vai. Além disso, o petisco é pouco calórico, tem apenas 90 kcal a cada 100g.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO