Qual o melhor tênis para corrida?

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Qual o melhor tênis para corrida?

29 de novembro de 2016
Equipe Geração Fit

melhor tênis para corrida

Uma das principais dúvidas entre as corredoras é saber qual o melhor tênis para corrida.

Para responder a essa pergunta é preciso, em primeiro lugar, saber qual o tipo de pisada.

Conheça os tipos de pisada

Neutra

Pisada neutra tem por característica impulsionar a passada com toda a parte frontal do pé. Este é o tipo mais comum de pisada e possui um arco do pé médio. Analisando o solado de um tênis já utilizado, o desgaste é uniforme.

Pronada

A pisada pronada é aquela em que o pé do corredor utiliza a ponta dos pés, principalmente o dedão do pé, para se impulsionar, assim a planta do pé aparece com arco pequeno ou inexistente pois o pé tende a se achatar em cada passada.

Supinada

A pisada supinada é aquela em que o corredor utiliza a parte externa do pé, principalmente a àrea do dedo mínimo, para se impulsionar. Possui um arco do pé acentuado, que fica evidente no teste do pé molhado, pois a ligação entre o calcanhar e a ponta do pé é muito fina ou quase não se tocam.

Conforto é não apenas importante

Já foram feitos estudos que o nosso corpo e cobro funcionam de forma diferente quando estamos confortáveis, ou seja reduz as taxas de lesões entre os corredores por ser considerado um fator de proteção.

A questão do amortecimento

O amortecimento do tênis é capaz de atenuar um pouco o impacto que o corpo recebe a cada passada.

Existem poucas pesquisas sobre o assunto e as mais recentes apontam que o amortecedor sozinho não diminui o risco de lesões na corrida.

Além disso, a maneira como a pessoa corre, ou seja, a biomecânica, tem se mostrado mais efetiva na redução do impacto que o corpo sofre do que o sistema de amortecimento do tênis.

Sendo assim, o amortecedor não deveria ser o principal critério de escolha do um tênis. Mas um detalhe deste tópico merece atenção: existem no mercado modelos com pouco ou nenhum amortecimento, os chamados tênis minimalistas.

Não é um tênis recomendado para pessoas que não estão habituadas a usá-los, porque é preciso adaptação e uma corrida com boa biomecânica para absorção de impacto pelo próprio corpo.

Através dessas informações percebemos que só o tênis não é capaz de proteger o corredor contra lesões.

Existem outros aspectos a serem levados em conta, como a biomecânica, as características do treinamento e até fatores comportamentais.

O corredor deve manter em mente que, após a escolha do calçado, vários outros cuidados também devem ser tomados para uma prática esportiva saudável.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO