Calêndula: o que é, para que serve, chá e propriedades

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Calêndula: o que é, para que serve, chá e propriedades

16 de março de 2018
Equipe Geração Fit

calêndula

A calêndula é uma planta baixinha que chega no máximo a 1 m de altura que dá origem a flores que podem apresentar as cores vermelho, amarelo e laranja, que têm um sabor que vai do amargo ao doce e apresentam um aroma classificado como leve.

Ela também é conhecida pelos nomes de maravilha, verrucária, bem-me-quer-mal-me-quer, boas-noites, belas-noites e margarida dourada, porém o seu nome científico é Calendula officinalis. Sua origem é o sul da Europa e a bacia do Mediterrâneo.

É comum encontrar a calêndula sendo utilizada para fins de decoração. No entanto, ela também pode ser utilizada em chás, pães, manteigas, saladas e sopas, por exemplo.

No mesmo sentido, a pomada com calêndula pode ser utilizada para amenizar queimaduras solares, verrugas, acne, picadas e ulcerações, para ajudar a curar feridas e lidar com a pele seca e bolhas.

Benefícios da calêndula

Saúde digestiva

O chá de calêndula pode auxiliar a diminuir os sintomas provocados por doenças inflamatórias intestinais e para reduzir cólicas menstruais e estomacais.

Tosse, dor de gargante e febre

Em alguns casos, as gotas ou o extrato da calêndula podem ser usados para contribuir com o controle de sintomas de tosses, dores de garganta e febre.

Combate aos radicais livres

O extrato das flores de calêndula também já mostrou ser capaz de proteger as células de danos provocados pelos radicais livres, considerados uma das principais causas do envelhecimento e da deterioração celular.

Saúde dos ouvidos

Um dos usos bem pesquisados do extrato de calêndula é a sua aplicação em forma de gotas dentro do canal auditivo para ajudar o tratamento de infecções bacterianas do ouvido e diminuir a dor.

Já foi identificado que as gotinhas de calêndula podem diminuir o inchaço e a inflamação no ouvido interno em poucos dias.

Hemorroidas e fissuras anais

Graças ao fato de que os tratamentos feitos com a calêndula podem promover a cura do tecido e diminuir o inchaço, algumas pessoas acreditam que a sua aplicação tópica nas áreas genitais e anais pode colaborar com a diminuição de sintomas das hemorroidas e das fissuras anais.

Uma pesquisa feita com animais investigou os efeitos do tratamento em feridas que sangravam e descobriu que a utilização do produto em um período de oito dias provocou um fechamento de aproximadamente 90% de feridas teciduais.

Já os animais que não foram tratados com a calêndula registraram um fechamento de somente 51% em suas feridas.

Repelente natural contra insetos

Por conta de seu odor pungente (aguçado), seu teor de antioxidantes e seus óleos voláteis, as calêndulas podem ser utilizadas para repelir mosquitos, pragas e outros insetos.

É por conta disso que as flores de calêndula costumam ser plantadas em hortas e utilizadas no formato de extrato em velas e sprays contra insetos, além de aparecerem em loções de pele para prevenir picadas de mosquitos.

Atenção: antes de usar a calêndula para qualquer uma das condições mencionadas acima, você deve consultar o médico para ter certeza de que ela realmente pode ajudar e que não te fará mal. Jamais substitua qualquer tratamento pelo uso da planta porque isso pode prejudicar gravemente a sua saúde.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO