Alimentos ladrões de energia

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Alimentos ladrões de energia

5 de julho de 2018
Equipe Geração Fit

alimentos ladrões de energia

Alimentos ladrões de energia: Sabe aquela sensação de moleza logo depois do almoço ou de cansaço extremo no meio do dia? A solução pode estar na sua alimentação.

Você provavelmente já ouviu falar e leu bastante sobre alimentos e suplementos que aumentam sua disposição e te deixam mais animado para encarar um treino ou até mesmo as tarefas do dia a dia.

Porém, ao mesmo tempo existem os alimentos ladrões de energia que podem atrapalhar bastante sua rotina na corrida ou até mesmo se tornar um obstáculo numa prova.

Os alimentos ladrões de energia atuam de diferentes maneiras no organismo. Em alguns casos, oferecem tanto açúcar que, num primeiro momento, essa elevada taxa de glicose resulta em mais disposição, mas depois, a insulina liberada para normalizar essa glicose faz justamente o caminho contrário, resultando em um grande cansaço.

Outra forma de ação dos alimentos ladrões de energia é quando começam a sua digestão, por ser bastante pesados, o sistema digestivo demanda o desvio de muitos nutrientes para ajudar nesse processo, fazendo com que eles faltem na produção de energia em outras funções do organismo. Resultado: o corpo logo sente essa queda de disposição.

Para te ajudar a evitar esse cansaço, separamos uma lista dos principais alimentos ladrões de energia.

Alimentos ladrões de energia

Carboidratos simples

Alimentos com farinhas brancas vão roubar energia se consumidos em excesso. Em um pré-treino, por exemplo, são aliados, mas viram vilões se não houver uma atividade física depois.

Isso acontece porque a quantidade de açúcar no sangue fica muito elevada e o pâncreas libera mais insulina para quebrar todos esses carboidratos. Isso pode causar uma grande redução de açúcar no sangue, resultando em fadiga e falta de energia.

Sal

O excesso de sal na comida pode te deixar mais cansado. Em quantidade exagerada, o sal aumenta a pressão arterial e deixa o organismo mais desidratado porque mais água é necessária para compensar.

Alimentos gordurosos e frituras

A gordura em excesso dificulta a digestão e atrapalha a chegada dos nutrientes à corrente sanguínea. Por possuir uma digestão mais lenta, eles fazem com que a circulação se concentre na região abdominal por mais tempo.

Isso causa uma sensação de letargia e sonolência durante a digestão, que pode passar de três horas. E isso não é nada bom para quem vai se exercitar, pois precisará de boa circulação nos membros.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO