Como se alimentar de forma saudável na rua

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!


Como se alimentar de forma saudável na rua

29 de novembro de 2016
Equipe Geração Fit

alimentar de forma saudável na rua

Se alimentar de forma saudável nem sempre é possível devido a correria do dia dia, e as vezes, a falta de opção.

Nos restaurantes por quilo, encontramos muita variedade alimentar, preparações com queijo, creme de leite, manteiga, empanados e fritos. Aparecem até salgadinhos de festa.

As pessoas vão descobrindo ao longo do percurso o que vão colocar no prato. Desta forma, é muito comum a mistura de mais de uma proteína, vários tipos de carboidratos e preparações cremosas.

Em restaurantes “à la carte”, couvert com pão de queijo, pães, pastinhas e queijos. O prato principal também é mais elaborado (mais de um carboidrato, preparações fritas e cremosas) e com porções grandes, principalmente para mulheres.

Quando precisam comer rapidamente, as pessoas acabam recorrendo a fast food, “combos” de sanduíches com batata frita ou salgados que possuem alta densidade energética, muita gordura e poucos nutrientes.

Veja dicas de como se alimentar de forma saudável na rua

Restaurante a quilo

Observe primeiramente todas as opções oferecidas antes de entrar na fila para montar o prato.

Divida o prato: 50% do prato para hortaliças A e B (saladas e legumes), 25% para uma proteína animal e/ou vegetal e 25% para um tipo de carboidrato, sempre de preferencia aos de baixo índice glicêmico.

Restaurantes “à la carte”

Durante a semana evite pedir “couvert” ou entradinhas elaboradas. O prato principal normalmente é composto por uma proteína e dois acompanhamentos. Portanto, escolha uma fonte proteica magra, um acompanhamento de verduras, legumes ou saladas e o outro acompanhamento de um tipo de carboidrato.

Evite preparações fritas, empanadas, cremosas, gratinadas. Cuidado com os molhos das carnes e saladas. Na dúvida, peça “molho à parte” e coloque uma pequena quantidade. Não utilize molhos à base de maionese, manteiga, creme de leite e queijos.

Sanduíches

Mesmo na correria do dia a dia podemos encontrar substitutos rápidos e saudáveis para refeição. Cuidado com sanduíches “naturais”, muitas vezes são elaborados com maionese ou creme de leite.

Dê preferência aos pães integral, árabe, folha, ciabatta ou baguete. Evite croissant e focaccia, pois são pães ricos em gordura (manteiga e azeite respectivamente) e possuem alta densidade calórica.

Como recheio, utilize proteínas magras: cottage, ricota, pasta grão de bico, atum, filé de frango, filé mignon, rosbife, lombinho, carpaccio (salmão, haddock, carne), tofu, pasta de soja, hambúrguer de quinoa/ soja. Acrescente hortaliças ou acompanhe com salada, por exemplo: alface, rúcula, tomate, cogumelos, cenoura e beterraba ralada, brotos, cebola, berinjela, pimentão.

Veja algumas dicas fazem muita diferença na dieta:

– Não fique sem almoçar;
– Evite processados;
– Evite comer na mesa de trabalho;
– Delivery: tenha uma lista de restaurantes e lojas de sanduíches saudáveis que entreguem. Opte por refeições rápidas (“fast food”) saudáveis;
– Sempre que puder, leve sua “marmita”. A comidinha caseira elaborada com alimentos frescos e a certeza de como foi preparada é a melhor opção;
– Evite comer em buffet ou rodízios, sempre se come mais do que precisa.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO