Farinha de banana verde: emagreça até 2kg por semana gastando pouco

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Farinha de banana verde: emagreça até 2kg por semana gastando pouco

22 de maio de 2017
Ana Carolina Rocha (CRN3 - 48025)
Nutricionista

farinha de banana verde

A farinha de banana verde, ingrediente facilmente encontrado em receitas fitness, vem ganhando espaço também no consumo in-natura associada, principalmente, às frutas.

O crescimento no consumo da farinha de banana verde se deve principalmente à sua contribuição para o emagrecimento.

Continue lendo e descubra como uma simples farinha, de baixo custo, pode contribuir para o emagrecimento de até 2 quilos por semana.

Farinha de banana verde: o que é?

A farinha de banana verde é uma forma de aproveitamento da banana quando ela ainda não amadureceu.

É obtida através da secagem natural ou artificial da polpa da banana verde. Quando tentamos comer a banana verde como fruta, a quantidade de taninos presente é alta – o que dá aquele sabor mais adstringente (marrento) na boca. No entanto, e farinha, o que as torna um ingrediente que pode ser adicionado em qualquer preparação do dia a dia, como substituto de outras farinhas sem que haja um prejuízo sensorial.

Perfil nutricional da banana verde

A banana verde ainda não está incluída nas listas oficiais de composição de alimentos no Brasil. No entanto, segundo estudos científicos sobre a composição nutricional da banana verde, uma porção de Farinha de banana verde (aprox. 30g) apresenta: 99,1 calorias; 22g de carboidratos; 0,66g de proteínas; 2,66g de fibras; 4,57mg de vitamina C; 57mg de fósforo, 47,1mg de cálcio; 9,24mg de magnésio; 0,92mg de ferro e 0,04mg de manganês. E não apresenta em sua composição gorduras.

Por este motivo, podemos afirmar que a banana verde pode ser uma boa forma de adicionar nutrientes na dieta, sem alterar excessivamente seu sabor ou textura.

Farinha de banana verde benefícios

farinha de banana verde benefícios

A banana é uma das frutas preferidas dos brasileiros, pois, além de prática, tem um sabor que pode ser adaptado em diversas receitas, sejam elas salgadas ou doces.

Além disso, a banana tem alto valor nutritivo, sendo rica em ácido ascórbico, além de fonte de vitaminas A e B e potássio.

Já a banana verde apresenta além de vitaminas e minerais, proteínas e é rica em Flavonoides e amido resistente, um nutriente com efeito similar ao das Fibras no nosso corpo.

O amido resistente não é absorvido no intestino delgado e, por isso, é fermentado no intestino grosso, produzindo gases e ácidos graxos de cadeia curta.

Apesar de parecer ruim a formação de gases, esta acontece em pequena quantidade; os maiores benefícios do amido resistente são:

  • Aumento na produção do bolo fecal, que previne doenças no cólon;
  • Diminuição da constipação;
  • Prevenção da diverticulite, hemorroidas e acúmulo de toxinas no intestino;
  • Produção dos ácidos graxos de cadeia curta que podem reduzir o risco de doenças inflamatórias, diabetes tipo 2, obesidade e doenças cardíacas.

Os ácidos graxos de cadeia curta também estão envolvidos no metabolismo de nutrientes essenciais no nosso corpo.

Uma curiosidade é que sua produção está diretamente relacionada com o consumo de fibras, pois é através da fermentação das fibras no cólon pela nossa flora intestinal, que temos nossa fonte desse componente no corpo.

O consumo de amido resistente tem sido associado com a melhora da imunidade para todos os indivíduos e melhora nos casos de hiper ou hipoglicemia em diabéticos, redução do colesterol e triglicérides.

Os flavonoides têm função antioxidante e anti-inflamatória, colaborando na proteção da mucosa gástrica e reduzindo os radicais livres produzidos pelo corpo (para saber mais sobre radicais livres leia nosso último artigo sobre o assunto).

Não há uma recomendação mínima de consumo, mas ao ingerir diariamente é possível verificar benefícios na saúde e prevenção de doenças.

Farinha de banana verde para melhorar o humor

A banana é uma conhecida fonte de triptofano, essencial para a síntese do neurotransmissor do bem-estar: a serotonina. Por este motivo, seu consumo regular ajuda a equilibrar os hormônios ligados à felicidade. Além disso, esse aumento da serotonina também tem benefícios comprovados no alívio dos sintomas da TPM, como alterações de humor e compulsões alimentares por doces.

Farinha de banana verde e sua contribuição para o emagrecimento

farinha de banana verde e sua contribuição para o emagrecimento

— “E desde quando podemos colocar farinha na nossa dieta quando queremos emagrecer?“ Muito se engana quem pensa dessa forma, a farinha de banana verde é um grande exemplo disso.

A farinha de banana verde, por ser rica em fibras, contribui para o emagrecimento saudável ao ajudar no trânsito intestinal, que irá evitar o acúmulo de toxinas no corpo, a constipação e também funciona como um prebiótico para nossa flora intestinal.

Mas o mais importante vem agora: quando consumimos fibras, nossa sensação de saciedade é prolongada, pois dentro do corpo as fibras absorvem água e formam um gel que ocupa um maior volume no intestino, controlando assim nossos impulsos de fome.

A banana verde possui menos calorias que as maduras, justamente por boa parte de seu carboidrato ainda estar no formato de amido resistente, ajudando a reduzir o valor calórico das receitas enquanto aumenta a saciedade: mais um aliado na nossa cozinha.

Como emagrecer 2 kg por semana com a Farinha de banana verde

como emagrecer 2kg por semana com a farinha de banana verde

Comece montando seu planejamento para emagrecer, faça-o junto com um Nutricionista, que irá avaliar seu metabolismo e as melhores combinações para uma perda de peso saudável.

Dentro do planejamento tenha em mente a importância de se alimentar também entre as principais refeições, e assim incluir mais nutrientes na sua rotina, sem aumentar sua ingestão calórica diária. É aqui que entra nossa farinha de banana verde!

Quando adicionamos fibras em nossas refeições intermediárias, aumentamos nosso período de saciedade e não exageramos nas refeições principais.

E o mais importante: o plano alimentar deve conter todos os grupos alimentares de maneira balanceada.

Farinha de banana verde ou biomassa, qual é melhor?

Segundo um estudo feito na Universidade de São Paulo (USP), a farinha de banana verde possui melhor perfil nutricional pois, tem maior quantidade de fibras. Entretanto, isso vai depender de como a farinha de banana foi obtida. A biomassa de banana verde perde suas fibras durante o longo período de cocção, o que não acontece na secagem para obtenção da farinha.

Outra diferença está na adaptação desses produtos em suas receitas, sendo que elas apresentam características sensoriais diferentes. Como é o caso, por exemplo, do brigadeiro fit, que é melhor quando feito de biomassa. A farinha de banana verde é mais prática para ser acrescentada às frutas no café da manhã ou na substituição da farinha convencional.

E quando falamos de durabilidade, a farinha tem um tempo de prateleira muito maior que a biomassa, que precisa ser congelada para uma durabilidade maior.

Como fazer sua própria farinha de banana verde

Apesar de não ser uma receita tão fácil quanto a da biomassa, é possível fazer sua própria farinha.
Descasque as bananas verdes (quantidade a gosto) e corte em finas rodelas.

Coloque as bananas em uma assadeira e coloque em um forno aquecido até que fiquem completamente ressecadas, lembrando que quanto mais espaçadas ficarem, mais rápido será a secagem.

Espere esfriar, bata no liquidificador, peneire e guarde em um recipiente escuro e com tampa. Lembre-se de manter sempre vedada a embalagem e longe de umidade.

Quanto de farinha devo comer?

Para seus benefícios, o recomendado é até duas colheres de sopa, ou 30 gramas da farinha de banana verde por dia.

Mesmo com tantos benefícios é importante manter a variedade de alimentos. Por este motivo, não é recomendado que se ultrapasse essa quantidade indicada de consumo. Como sabemos, tudo em excesso pode trazer prejuízo e, no caso da farinha de banana verde o excesso pode causar constipação intestinal, principalmente se o consumo de líquidos não for adequado.

Como posso introduzi-la no meu plano alimentar

Ao substituir a farinha de trigo refinada pela farinha de banana verde em suas receitas você diminui o valor calórico de sua refeição, mas mantém a saciedade que aquela receita proporciona.

Portanto, como primeiro passo, experimente reduzir o consumo de farinhas refinadas, substituindo-as por alternativas mais saudáveis como, por exemplo, a farinha de banana verde.

Também é uma boa alternativa para celíacos ou pessoas com intolerância ou sensibilidade ao glúten, pois a farinha de banana verde é isenta da proteína.

Depois, acrescente também em sua rotina a farinha de banana verde em vitaminas e sucos, para aumentar o conteúdo de fibras de seus lanches e garantir maior saciedade.

A prática de exercícios físicos também é essencial nessa etapa de controle de peso, pois assim aceleramos nosso metabolismo.

Mas, atenção com a escolha das atividades! O auxílio de Educador Físico para orientação é fundamental. A farinha de banana verde pode, inclusive, ser utilizada no pós-treino por ter grande quantidade de proteína.

Para turbinar o efeito do amido resistente da banana verde, água é essencial. Aumente a ingestão de água sempre que incluir a farinha de banana verde em sua dieta, para que o gel do amido resistente se forme de maneira eficaz.

Farinha de banana verde: preço médio

farinha de banana verde preço médio

O preço médio da Farinha de banana verde é de R$ 3,00 a cada 100g do produto, entretanto é possível encontrar farinhas que custam até R$ 19,90 (100g)!

Os valores dos produtos variam de acordo com o estabelecimento, tipo de embalagem e marca associada.

A recomendação de 30g diárias do produto custará, em média, R$ 6,00 por semana.

Farinha de banana verde: onde encontrar

farinha de banana verde onde encontrar

Você consegue encontrar a farinha em lojas de produtos naturais, alguns supermercados e em sites de lojas ou marcas específicas.

Existem também diversas receitas da biomassa de banana verde caseira que podem ser utilizadas no lugar da farinha em algumas preparações.

Felizmente hoje já é possível encontrar diversos produtos que já substituíram a farinha convencional pela farinha de banana verde. Para encontra-los, fique de olho nos rótulos.

Farinha de banana verde: escolha pela composição do produto

farinha de banana verde escolha pela composição do produto

Na hora de fazer suas compras é importante manter o olho na lista de ingredientes para ter certeza da composição do produto comprado.

Algumas farinhas de banana verde podem ser misturadas a outros tipos de farinhas ou até mesmo outros alimentos, para conferir sabor.

Têm se falado sobre a contaminação da farinha de banana com dióxido de enxofre, principalmente para aumentar a rentabilidade do produto, já que compostos de enxofre atuam como conservantes. Contudo é necessário primeiro entender o papel deste composto no alimento.

Compostos de enxofre têm as funções na indústria de alimentos de conservar os alimentos e evitar reações naturais de escurecimento do produto, uma característica importante em farináceos.

Esses compostos fazem a liberação de dióxido de enxofre, um gás que é tóxico ao ser inalado, entretanto não existem estudos que comprovam a intoxicação ou o acúmulo dessa substância quando ingerida via oral.

Entretanto, pessoas que sofrem de asma podem sentir um agravamento dos sintomas respiratórios ao consumir produtos tratados com compostos de enxofre.

Apesar de permitido por legislação em alguns tipos de alimentos, há um limite máximo para que o dióxido de enxofre seja identificado no alimento.

Em frutas e hortaliças desidratadas é comum a utilização deste método de conservação, portanto é importante confiar nos fabricantes dos produtos que consumimos para termos certeza que eles estão conformes com a legislação.

Um cuidado essencial que se deve ter com este produto é o prazo de validade. Por ser um produto natural, com menos conservantes, sua validade é reduzida.

Siga as orientações de conservação no rótulo e consuma dentro do prazo de validade para obter o máximo dos benefícios que a farinha de banana oferece.

Farinha de banana verde: tem contraindicação?

Não existem estudos que comprovem a contraindicação deste alimento, a não ser que o indivíduo apresente histórico de alergia à bananas em geral.

Conclusão

A Farinha de banana verde é um ótimo aliado das dietas para perda de peso, principalmente por sua composição rica em vitaminas, minerais e amido resistente (fibras), e por não possuir contraindicação.

O amido resistente colabora para aumentar o tempo de nossa saciedade e ainda possui menos calorias do que uma banana madura. A diferença entre a biomassa e a farinha de banana verde é bem pouca, e está principalmente na quantidade de fibras.

Você pode comprar sua farinha ou até mesmo fazer a sua própria em casa. Essa farinha pode ser utilizada como substituto da farinha de trigo em suas receitas preferidas, pois o gosto da banana verde é neutro. E assim você pode preparar suas próprias receitas gluten-free.

Emagrecer até dois quilos por semana é possível com um plano alimentar individualizado e uma rotina de exercícios, ambos feitos com a ajuda de profissionais da saúde, que são os mais capacitados para avaliar seu corpo e a resposta do seu metabolismo.

Ao comprar sua farinha mantenha o olho no rótulo e sempre compre seus alimentos de fornecedores confiáveis. Assim, tenha certeza de que está comprando o produto que deseja, sem adição de outros ingredientes não essenciais e, eventualmente, prejudiciais à saúde, para a fabricação do mesmo.

Introduza em sua rotina alimentar formas variadas de agregar nutrientes, para evitar a monotonia alimentar e nutricional.
Você já utilizou a farinha de banana verde? Deixe nos comentário a receita que mais gostou!


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos Relacionados