Corrida pode aumentar o tamanho do cérebro

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Corrida pode aumentar o tamanho do cérebro

2 de dezembro de 2016
Equipe Geração Fit

tamanho do cérebro

Cientistas descobriram evidências que o esporte, mais precisamente a corrida, não só mantém as pessoas em forma, como também aumenta o tamanho do cérebro, mas não se preocupe, isso é bom.

O aumento no tamanho do cérebro, associado a corrida, o protege contra o envelhecimento e, também ajuda na substituição de células mortas, reduzindo o risco de doenças debilitantes como o mal de Alzheimer.

Algumas das mais recentes descobertas estão contidas na revista científica, NeuroImage. Um trabalho recente foi executado por cientistas da Universidade de Kentucky, com a participação de 30 adultos (idades entre 59 e 69) correndo em uma esteira.

A capacidade pulmonar e cardíaca foram medidas e um scanner de IRM, foi utilizado para avaliar o fluxo sanguíneo para o cérebro. Aqueles que estavam com menor aptidão física apresentaram cérebros menores, em comparação com aos voluntários com maior aptidão física.

Cientistas na Alemanha acompanharam 21 adultos com idade entre 60 e 77 anos. Após passarem por um programa de atividades físicas por três meses, foi observado melhorias nas suas memórias.

Apesar das enormes evidências, os cientistas ainda não têm evidências suficientes para afirmar que o exercício ajuda a proteger as células do cérebro em humanos.

Mas, foi constatado em testes com camundongos, com boa aptidão física, examinados no Instituto Nacional sobre Envelhecimento, em Baltimore, que células do hipocampo (área do cérebro utilizada para a memória), apresentavam-se reproduzindo ativamente, enquanto que a de seus pares mais gordos apresentavam declínio.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO