Por que a indústria coloca sal e açúcar nos alimentos?

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Por que a indústria coloca sal e açúcar nos alimentos?

17 de outubro de 2017
Dalcia Klimaczewski
(Estudante de Nutrição)

sal e açúcar na comida

É normal, ao cozinhar-se em casa, colocar sal e açúcar na comida, colocando-se açúcar nas preparações doces e sal nas preparações salgadas. Em contrapartida, ao observar-se o rótulo de alguns alimentos industrializados, doces ou salgados, percebe-se uma adição anormal desses nutrientes.

Ou seja, em um rótulo de um biscoito doce, pode-se encontrar o sal como integrante da lista de ingredientes, assim como pode-se encontrar açúcar em biscoitos salgados ou torradas, por exemplo. Mas por que será que a indústria coloca sal e açúcar na comida?

O sabor dos alimentos

O sabor é um dos principais fatores que levam as pessoas a escolherem os alimentos que irão consumir e não é algo que é realmente sentido, mas que é criado pelo cérebro humano com base no gosto e no cheiro dos alimentos, que são percebidos pela boca e pelo nariz, respectivamente, por meio de receptores específicos.

O senso de gosto é algo inato, incorporado nos genes, sendo que os homens podem sentir até 5 gostos diferentes, sendo eles o doce, salgado, amargo, azedo e umami. Enquanto os cheiros são reconhecidos de acordo com as experiências de vida, ou seja, é algo aprendido.

Função do sal e açúcar na comida industrializada

Alguns estudos mostraram que os receptores de gosto podem estar interligados, como no caso dos receptores para doce e umami, o que justificaria a preferência por alimentos que são doces e salgados ao mesmo tempo. Dessa forma, como há maior preferência pelos alimentos que contém os dois nutrientes, a indústria acaba colocando o sal e açúcar na comida industrializada como estratégia para aumentar seu consumo.

Além disso, o sal ajuda a mascarar a amargura dos alimentos e, por isso, é adicionado à alguns produtos para melhorar o seu sabor. Porém, para que não fiquem muito salgados, adiciona-se gordura a estes alimentos industrializados, pois a gordura é capaz de reduzir a salinidade, além de ajudar na formação do sabor. Portanto, têm-se ao final do processo produtos com mais sal e gordura do que o necessário, sendo que o consumo excessivo desses alimentos industrializados pode desencadear várias doenças, como a obesidade e as doenças cardiovasculares.

Portanto, é recomendada a moderação no consumo de alimentos industrializados, visto que apresentam mais sal e açúcar do que realmente necessitam, podendo causar malefícios à saúde.

dalcia klimaczewski sidebar

Dalcia Klimaczewski

24 anos, comunicóloga e graduanda em Nutrição pela Universidade Federal do Paraná. Adepta à nutrição comportamental, acredita que a saúde e o bem-estar são consequências do equilíbrio entre o corpo e a mente.


DEIXE SEU COMENTÁRIO