Saiba como as fibras podem ajudar a reduzir o risco de câncer

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Saiba como as fibras podem ajudar a reduzir o risco de câncer

25 de janeiro de 2018
Equipe Geração Fit

fibras para prevenir o câncer

Além dos benefícios para a saúde intestinal, foi demonstrado em estudos recentes que as fibras são grandes aliadas da prevenção ao câncer, especialmente para o câncer de mama. Elas estão presentes em alimentos integrais, grãos, frutas, verduras e legumes, principalmente, sendo a beta glucana uma das mais importantes fibras para prevenir o câncer.

As fibras são carboidratos não digeríveis, ou seja, elas são resistentes à ação das enzimas de digestão do intestino, sendo então totalmente ou parcialmente fermentadas pelas bactérias presentes no intestino grosso. Dessa forma, elas se dividem em fibras solúveis e insolúveis.

As fibras solúveis, como a pectina presente nas frutas, quando em contato com a água formam uma espécie de gel que retarda o esvaziamento gástrico e promove mais saciedade. Já a fibras insolúveis, como o farelo de trigo, passam quase intactas pelo trato gastrointestinal, contribuindo assim com o aumento do bolo fecal e acelerando o trânsito intestinal.

Elas já são conhecidas também por reduzir o risco de desenvolvimento de algumas doenças, como as cardiovasculares, a diabetes mellitus e algumas desordens gastrointestinais. Mas veja agora as fibras para prevenir o câncer, como elas agem no organismo para reduzir os riscos do desenvolvimento dessa doença.

Fibras para prevenir o câncer

Recentemente alguns pesquisadores demonstraram como as fibras podem ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento de câncer, apontando a beta glucana como a principal delas, especialmente em relação à prevenção do câncer de mama.

Eles acreditam que as fibras têm esse benefício ao organismo pois são capazes de suprimir a proliferação de células defeituosas, ou seja, de células tumorais. Além disso, eles também afirmam que as fibras ajudam a reduzir o estresse oxidativo e a modular as vias imunológicas associadas à redução da diferenciação de tumores. Outro estudo também demonstrou que o consumo de alimentos ricos em fibras esteve associado à redução de 23% da mortalidade por câncer.

Portanto, ao incluir alimentos ricos em fibras na dieta, além de se ter todos os benefícios já conhecidos destes compostos, também tem-se a diminuição do risco de desenvolvimento de câncer, provendo a saúde do organismo.

dalcia klimaczewski sidebar

Dalcia Klimaczewski

24 anos, comunicóloga e graduanda em Nutrição pela Universidade Federal do Paraná. Adepta à nutrição comportamental, acredita que a saúde e o bem-estar são consequências do equilíbrio entre o corpo e a mente.


DEIXE SEU COMENTÁRIO