Disbiose Intestinal

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Disbiose Intestinal

29 de agosto de 2017
Equipe Geração Fit

disbiose intestinal

Você sente fome logo após devorar uma maçã? Isso é um sintoma clássico de quem tem disbiose intestinal. Saiba o que é e como tratar.

A disbiose intestinal é um transtorno no qual as bactérias da flora normal ficam em minoria e o organismo torna-se debilitado, já que a capacidade de defesa diminui.

Na disbiose intestinal há um desequilíbrio da flora bacteriana intestinal que reduz a capacidade de absorção dos nutrientes causando carência de vitaminas.

No nosso organismo temos mais ou menos 100 trilhões de bactérias de mais de 400 espécies diferentes e que devem viver em equilíbrio. A nossa flora intestinal tem funções importantes como a síntese de algumas vitaminas e a defesa do nosso organismo.

Os sintomas mais comuns são: aumento da vontade de comer doces, principalmente após as refeições, ganho de peso alterações de humor como irritabilidade, depressão e mau humor, ansiedade e insônia, maior formação de gases, dor abdominal, infecções urinárias, micoses, acnes e muitos outros.

O tratamento é a longo prazo e consiste basicamente em duas abordagens, sendo uma dietética e outra baseada na administração de prebióticos e/ou probióticos.

O que causa disbiose intestinal

As causas da disbiose intestinal podem estar relacionadas com o uso de antibióticos, cortisona ou laxantes e também devido ao uso abusivo de álcool.

O estresse, uma alimentação inadequada com excesso de açúcar, alimentos refinados e industrializados e pobre em fibras, assim como algumas doenças intestinais, como diverticulose, inflamação intestinal e a prisão de ventre, também favorecem o desequilibro da flora intestinal e, consequentemente, da instalação da disbiose.

Indivíduos com disbiose podem desenvolver urticária e acne, que são causadas pela intoxicação provocada pela entrada das bactérias ruins no sangue e, por isso, é importante realizar o tratamento corretamente.

Recomendações Alimentares

A dieta deve ser rica em frutas e vegetais e livre de alimentos refinados e industrializados, que contêm corantes e outros aditivos químicos.

Além disso, devem ser retirados os alimentos alergênicos como laticínios de vaca e cabra, glúten e proteínas de difícil digestão como a da carne bovina.

Outro fator importante que deve ser considerado na elaboração da orientação nutricional é a inclusão de alimentos que tenham função digestiva como o suco de aloe vera e os chás de abacaxi e hortelã e antibacteriana como o alho, a cebola, a cúrcuma, a semente de abóbora e outros.

Como tratar a disbiose intestinal

Para tratar a disbiose é necessário ser acompanhado por um nutricionista porque o tratamento consiste em restabelecer a flora bacteriana com uma alimentação adequada.

O indivíduo deve consumir alimentos ricos em fibras e probióticos, que estimulam o crescimento das bactérias boas do intestino, ajudando a estabelecer a absorção de nutrientes e vitaminas.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO