Diferentes tipos de alimento: Natural, orgânico, agroecológico ou biodinâmico, integral, diet, light, transgênico, etc.

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Diferentes tipos de alimento: Natural, orgânico, agroecológico ou biodinâmico, integral, diet, light, transgênico, etc.

23 de maio de 2017
Dalcia Klimaczewski
(Estudante de Nutrição)

diferentes tipos de alimentos

Você deve estar acostumado a ouvir diversos termos que definem alimentos por aí, como diet, light, orgânico, transgênico, agroecológico, integral, entre outros. Mas você sabe exatamente o que é cada um desses diferentes tipos de alimentos?

Diferentes tipos de alimentos no mercado

diferentes tipos de alimentos disponíveis no mercado para satisfazer as diversas demandas dos consumidores, mas eles nem sempre sabem o que realmente estão levando para casa.

Pois afinal, qual é a diferença entre diet e light? Agroecológico e orgânico? E o que é um alimento transgênico, um natural, um integral e um funcional? O Blog Geração Fit vai te ajudar a entender melhor a diferença entre eles.

Diet x Light

Os produtos diets são alimentos industrializados que passam por um processamento em que é retirado algum nutriente específico da sua composição, podendo ser este um carboidrato, gordura, proteína, sódio ou outro. São indicados em casos de necessidade de dietas restritivas especiais, como no controle de diabetes.

Mas atenção, sempre que um nutriente é retirado da composição do produto, outro é adicionado para compensar as suas características sensoriais. Por exemplo, um produto com zero açúcar pode conter maior teor de gordura do que a versão normal do mesmo produto.

Já os produtos lights são aqueles que possuem redução de 25% das calorias ou de algum nutriente específico, como sódio, colesterol, açúcar, gordura saturada e gordura total. São mais indicados para dietas com restrição calórica, como no tratamento da obesidade.

Agroecológico x Orgânico

Ambos os alimentos agroecológicos e orgânicos são livres de produtos químicos sintéticos (agrotóxicos), não possuem modificações genéticas e são cultivados com responsabilidade social, valorizando a mão de obra e respeitando o meio ambiente.

A diferença entre eles é que o alimento agroecológico contempla muitos mais aspectos que são levados em consideração durante toda a sua cadeia de produção e distribuição.

A agroecologia se dedica ao estudo das relações produtivas entre o homem e a natureza, visando sempre a sustentabilidade ecológica, econômica, social, cultural, política e ética.

Alimentos transgênicos

Os alimentos transgênicos são modificados geneticamente, ou seja, um ou mais genes são transpostos de outras espécies para a planta de modo que esta adquira alguma característica que aprimore a sua cadeia de produção.

Contudo, ainda não há muitos estudos que confirmam a segurança alimentar dos alimentos transgênicos. Por isso, evite-os se puder.

Alimentos naturais

Os alimentos naturais, também chamados de in natura, são aqueles mais próximos da origem, que não passam por processamento industrial. Dessa forma, não possuem adição de corantes, conservantes e outros aditivos químicos artificiais, ideais para manter uma dieta diversificada e balanceada.

Alimentos integrais

Os alimentos integrais apresentam uma quantidade maior de fibras, vitaminas e minerais em comparação aos produtos refinado, devido à diferente forma de processamento pela qual passam. São recomendados para melhorar o trânsito intestinal e também para favorecer a perda de peso.

Alimentos funcionais

São os alimentos que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos na dieta, produz efeitos metabólicos e/ou fisiológicos benéficos para a saúde. Possuem substâncias antioxidantes e anticancerígenas, por exemplo. Algumas delas são o licopeno, luteína e zeaxantina.

Conclusão

Agora que você já conhece os diferentes tipos de alimentos vai ficar mais fácil definir qual deles escolher na hora das compras para atender às suas demandas. Alguns deles, como os orgânicos, agroecológicos, integrais e naturais possuem maior oferta nas feiras, às vezes com um preço mais acessível do que nos supermercados.

 

 

dalcia klimaczewski sidebar

Dalcia Klimaczewski

24 anos, comunicóloga e graduanda em Nutrição pela Universidade Federal do Paraná. Adepta à nutrição comportamental, acredita que a saúde e o bem-estar são consequências do equilíbrio entre o corpo e a mente.


DEIXE SEU COMENTÁRIO