Dieta da saúde planetária: o cardápio que promete salvar vidas, o planeta e alimentar a todos nós (e sem banir a carne)

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Dieta da saúde planetária: o cardápio que promete salvar vidas, o planeta e alimentar a todos nós (e sem banir a carne)

22 de janeiro de 2019
Equipe Geração Fit

dieta da saúde planetária

Dieta da saúde planetária: desenvolvida por especialistas de diversas áreas, ela promete salvar vidas, alimentar 10 bilhões de habitantes e não causar danos à natureza. Saiba, agora, tudo sobre ela!

Os pesquisadores fizeram um estudo com o objetivo de encontrar respostas para o seguinte desafio: como alimentar 10 bilhões de habitantes e não causar danos catastróficos ao planeta?

A resposta para o desafio consta no relatório elaborado por uma comissão de 37 especialistas de diversas áreas, publicado na revista científica The Lancet.

Trata-se da “dieta para saúde planetária” – que não elimina completamente a carne e os laticínios.

Dieta da Saúde Planetária: quais são as mudanças?

Se você come carne todos os dias, então esta é a primeira questão. No caso da carne vermelha, significa um hambúrguer por semana ou um bife grande por mês – esta é sua cota.

Em paralelo, você pode comer algumas porções de peixe e frango por semana. Mas as verduras e legumes serão a fonte do restante de proteína que seu corpo precisa.

Os pesquisadores recomendam consumir nozes e uma boa porção de leguminosas (como feijões, grão de bico e lentilhas) todos os dias.

Há também um grande incentivo em relação a todas as frutas, verduras e legumes, que devem representar metade de cada refeição.

Embora haja restrições para “tubérculos ricos em amido”, como batata e mandioca.

Dieta da saúde Planetária: Como é?

Veja abaixo o que a dieta permite comer por dia:

* Nozes – 50g por dia
* Feijão, grão de bico, lentilhas e outras leguminosas – 75g por dia
* Peixe – 28g por dia
* Ovos – 13g por dia (pouco mais de um por semana)
* Carne – 14g de carne vermelha por dia e 29g de frango por dia
* Carboidratos – 232g por dia de grãos integrais, como pão e arroz, e 50g por dia de legumes e verduras ricos em amido
* Laticínios – 250g, o equivalente a um copo de leite
* Legumes (300g) e frutas (200g) A dieta permite consumir 31g de açúcar e cerca de 50g de óleos, como azeite.

Por que precisamos de uma dieta para 10 bilhões de pessoas?

A população mundial chegou a 7 bilhões em 2011 e agora está em torno de 7,7 bilhões. Espera-se que esse número chegue a 10 bilhões por volta de 2050 e continue subindo.

A dieta vai salvar vidas?

Os pesquisadores dizem que a dieta vai evitar que cerca de 11 milhões de pessoas morram a cada ano. Este número se deve em grande parte a doenças relacionadas a dietas pouco saudáveis, como ataques cardíacos, derrames e alguns tipos de câncer. Estes são atualmente os maiores assassinos em países desenvolvidos.

Qual o impacto da agropecuária?

De acordo com Matt McGrath, especialista em Meio Ambiente do conglomerado de mídia BBC, o uso da terra para o cultivo de alimentos e silvicultura corresponde a cerca de um quarto das emissões globais de gases de efeito estufa, quase o mesmo que a eletricidade e o aquecimento, e substancialmente mais do que de todos os trens, aviões e automóveis do planeta.

“Quando você olha mais de perto o impacto ambiental do setor de alimentos, você pode ver que a carne e os laticínios são fatores primordiais – em todo o mundo, a pecuária é responsável por entre 14,5% e 18% das emissões de gases de efeito estufa provocadas por atividades humanas”, acrescenta.
Segundo ele, a agricultura é um dos principais culpados pelas emissões de metano e óxido nitroso, que também colaboram para o aquecimento global.

“A agricultura também é uma fonte significativa de poluição do ar gerada pela amônia nas fazendas, uma das principais causas das partículas finas, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) diz ser uma ameaça à saúde em todo o mundo.”

“Da mesma forma, quando se trata da água, a agricultura e a produção de alimentos são uma grande ameaça, consumindo 70% das fontes globais de água doce para irrigação”, completa McGrath.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO