Consumo de agrotóxicos: Brasil lidera ranking mundial

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Consumo de agrotóxicos: Brasil lidera ranking mundial

10 de maio de 2018
Equipe Geração Fit

consumo de agrotóxicos

Consumo de agrotóxicos: entenda como o consumo afeta a nossa saúde e como o Brasil chegou ao topo deste triste ranking.

Diariamente se colocam à mesa do brasileiro suculentas frutas e legumes aparentemente nutritivos, no entanto, carregados de resíduos tóxicos – muitos deles já proibidos na Europa. Não à toa, o Brasil continua a liderar o ranking mundial do consumo de agrotóxicos, indústria que movimenta mais de US$ 2 bilhões ao ano.

No Brasil, estamos consumindo o equivalente a 7,3 litros de agrotóxicos por pessoa todo ano. No Paraná, o índice é ainda pior: chega a 8,7 litros de agrotóxicos por pessoa todo ano.

Os agrotóxicos são justamente o que o nome diz: produtos tóxicos nocivos para a saúde. Pesquisas desenvolvidas pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e Ministério da Saúde – Fundação Oswaldo Cruz apontam que agrotóxicos podem causar diversas doenças.

Dentre elas estão problemas neurológicos, motores e mentais, distúrbios de comportamento, problemas na produção de hormônios sexuais, infertilidade, puberdade precoce, má formação fetal, aborto, doença de Parkinson, endometriose, atrofia dos testículos e câncer de diversos tipos.

Brasileiro consome agrotóxicos proibidos em vários países

Apesar de muitos desses agrotóxicos já serem proibidos na União Europeia e Estados Unidos, no Brasil eles ainda são largamente utilizados.

Mesmo com a alta quantidade de agrotóxicos utilizada no país, o problema da fome não foi solucionado. Ao contrário do que se pensava, o uso de agrotóxicos não garante alimento para o mundo.

Consumo de agrotóxicos e as alternativas para o futuro

Em dezembro de 2016 o Parlamento Europeu, por meio do Painel de Avaliação de Opções em Ciência e Tecnologia, divulgou um relatório sobre os impactos para a saúde pública do consumo de alimentos orgânicos e também da agricultura orgânica.

O relatório Human Health Implications of Organic Food and Organic Agriculture analisou 381 referências sobre alimentação, produção de plantas e de animais, impactos dos agrotóxicos na saúde e no meio ambiente, resistência a antibióticos e padrões de alimentação, além de apontar caminhos e suas possíveis consequências na Europa.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO