Bulimia e compulsão alimentar andam juntas. Entenda o porquê

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!


Bulimia e compulsão alimentar andam juntas. Entenda o porquê

19 de abril de 2019
Equipe Geração Fit

bulimia e compulsão alimentar

Bulimia e compulsão alimentar: você sabia que ambas podem ser um transtorno? Sim, como a bulimia e anorexia, a compulsão pode estar dentro de um espectro chamado Transtornos Alimentares.

Os transtornos alimentares são alterações da saúde física e psicossocial resultantes do consumo ou da absorção alterada dos alimentos. Estima-se que cerca de 1% da população mundial (70 milhões de pessoas) sofra algum tipo de transtorno alimentar. É uma classe de transtornos mais frequente na população feminina e que se inicia com a adolescência ou começo da vida adulta.

A compulsão alimentar é caracterizada por uma ingesta alimentar sabidamente maior do que o esperado em um intervalo curto de tempo associada a uma sensação de não conseguir controlar o quanto come durante esse período (geralmente menor que 2 horas). A pessoa frequentemente se queixa de não controlar o quanto está ingerindo ou até de perder o controle durante essa ingesta.

Normalmente, alguns aspectos estão relacionados a essa ingesta alimentar excessiva, como se alimentar mais rapidamente do que o normal e comer grandes quantidades de alimento na ausência física de fome.

Algumas pessoas comem até se sentir demasiadamente cheias, ou preferem comer sozinhas por vergonha levando a se sentir culpada e deprimida por esse hábito alimentar. Há pessoas que não sentem a perda de controle, mas que referem manter um padrão absoluto de ingestão excessiva.

Essa compulsão se torna um transtorno psiquiátrico quando a pessoa sabidamente tem perdas funcionais, acontecem com frequência (1 vez por semana) e causam grande sofrimento. O que a diferencia de uma bulimia nervosa é que a pessoa não apresenta método compensatório inapropriado para essa ingesta excessiva.

A compulsão envolve duas características principais:

* Comer uma quantidade muito grande de alimento dentro de um período de tempo relativamente curto (por exemplo, dentro de duas horas);

* Sentir uma sensação de perda de controle ao comer (por exemplo, sentir-se incapaz de parar de comer).

Bulimia e compulsão alimentar

Bulimia ou bulimia nervosa é um transtorno alimentar. É caracterizada por episódios recorrentes de compulsão alimentar seguidos por comportamentos compensatórios como, por exemplo, a provocação de vômito.

Pessoas com bulimia, em geral, possuem uma visão bastante distorcida da sua aparência física. Preocupam-se excessivamente com o peso corporal, o que pode afetar diretamente a autoestima de acordo com a forma como se auto avaliam.

Este transtorno alimentar é grave e pode ser fatal. Afeta cerca de 2 milhões de brasileiros por ano. As pessoas com essa doença têm compulsão por comer. Elas tomam medidas para evitar o ganho de peso. Normalmente, isso significa vômitos (expurgo). No entanto, também pode incluir excesso de exercícios físicos ou jejum.

Os motivos para o desenvolvimento de bulimia nervosa diferirão de pessoa para pessoa. As causas conhecidas incluem predisposição genética e uma combinação de fatores ambientais, sociais e culturais.

Equipe geração fit

Nós ajudamos mulheres a atingir uma vida mais plena e saudável, através de conteúdo responsável e de alta qualidade, sobre os mais diversos temas ligados às áreas de Nutrição e Atividade Física.


DEIXE SEU COMENTÁRIO