Chá verde solúvel: emagreça até 2kg por semana com o saboroso “pozinho”

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Chá verde solúvel: emagreça até 2kg por semana com o saboroso “pozinho”

5 de Fevereiro de 2018
Ana Carolina Rocha (CRN3 - 48025)
Nutricionista

chá verde

O Chá Verde já está bem conhecido como aliado nas dietas de perda de peso, mas será que o chá verde solúvel e o chá feito tradicionalmente têm o mesmo efeito? Qual outro benefício pode esperar do seu consumo regular ? Saiba mais detalhes dessa bebida e aproveite o que ela tem a oferecer!

O que é o Chá Verde?

O Chá Verde é preparado a partir da erva Camellia sinensis, a mesma que faz o chá preto e o chá branco. Muito popular, o Chá Verde é um dos tipos de chá mais consumidos no Brasil no momento, sendo que o consumo por brasileiros chega a ser de 30g da erva por dia, apesar de seu sabor amargo característico.

Já ouviram falar de alimento funcional? Pois então, o chá verde é um bom exemplo! É rico em flavonoides (catequinas), substâncias presentes em alguns alimentos que promovem benefícios a saúde, principalmente por seu efeito antioxidante. Ele também é rico em cafeína, podendo chegar até 86 mg de cafeína por xícara – para compararmos: uma xícara de café expresso possui teor de cafeína de 30 a 50 mg.

Por ser uma planta, sua composição varia conforme a região e plantio da erva, mas podemos afirmar que sua espécie vegetal contém manganês, potássio, ácido fólico, vitaminas C, K, B1 e a B2, além da cafeína e catequinas.

Benefícios do Chá Verde

benefícios do chá verde

Melhora o humor e diminui o cansaço

Existe um aminoácido presente no chá, L-teanina, que aumenta a produção de dopamina e serotonina – responsáveis pela sensação de felicidade. Os flavonoides presentes no chá também auxiliam no controle da ansiedade e, por ser fonte de cafeína, a bebida é um estimulante natural, assim como o café.

Regula os níveis de colesterol no sangue

As catequinas do chá diminuem a absorção do colesterol pelo intestino. Porém, sua ação somente diminui o colesterol ruim, não eleva o colesterol bom. Essa diminuição do colesterol tem efeito positivo para quadros de doenças cardiovasculares, mas não é só através do colesterol que nosso coração é beneficiado, o chá verde é rico em antioxidantes que diminuem a inflamação da atesrosclerose e outras doenças relacionadas.

Melhora do sistema imunológico

Compostos presentes chá verde estimulam o bom funcionamento da microbiota intestinal e, com isso, melhora a imunidade. Os flavonoides, por seu efeito oxidante melhora a ação do sistema imunológico auxiliando no combate aos radicais livres.

E o chá verde solúvel tem os mesmos efeitos que o chá feito de sachê ou direto da folha? A resposta é sim, mas sempre compre seu produto de empresas de confiança. O processo industrial para tornar o chá verde solúvel não interfere em suas propriedades benéficas a saúde, entretanto, caso o fabricante faça mistura com ervas diferentes, a potência dos efeitos do chá pode ser reduzida: mantenha atenção no rótulo!

Chá Verde e a perda de peso

chá verde e a perda de peso

O Chá Verde, por seu efeito termogênico, é um aliado nas dietas de perda de peso, pois ele aumenta o gasto energético basal, ou seja, o gasto de energia mínima que precisamos para nossa sobrevivência. Com isso, tudo o que fazemos durante o dia têm gasto energético mais elevado que o de costume. Como sabemos, para perdemos peso precisamos gastar mais energia do que consumimos e o chá verde vai auxiliar nesse processo.

Estudos mostram também que, o consumo regular de chá verde influencia geneticamente na composição das nossas células de gordura, fazendo com que elas queimem mais energia, o que a longo prazo também auxiliam para a redução do nosso tecido adiposo.

Para ter uma perda de peso eficaz, utilizando o chá verde solúvel, é preciso consumi-lo com frequência diária, e aliar uma alimentação saudável com atividade física regular.

Chá Verde aliado da atividade física

O Chá Verde associado com a atividade física eleva a perda de gordura corporal e circunferência abdominal do exercício. Isso acontece devido ao efeito das catequinas e da cafeína de mobilização das células gorduras e aumento do metabolismo de gordura no corpo. O Chá também atua no aumento da produção de óxido nítrico, aumentando a oxigenação dos músculos durante o exercício.

Além do auxílio no emagrecimento, os antioxidantes do Chá Verde contribuem para reduzir os danos causados pelos radicais livres produzidos durante a atividade física.

Para obter os benefícios da bebida no exercício o consumo ideal é de uma xícara de chá antes do treino, inclusive aumenta a disposição nos dias que bate aquela preguiça de treinar.

Entretanto, para pessoas que fazem uso regular de termogênicos pré-treino, a quantidade de cafeína presente em uma xícara pode não ser suficiente. Pergunte para seu nutricionista sobre a dose adequada e não faça o uso simultâneo do chá com outro termogênico sem orientação profissional.

Lembre-se de não exagerar na dose, pois o excesso pode atrapalhar a absorção de alguns nutrientes.

Como preparar o Chá Verde?

como preparar o chá verde

O Chá Verde Solúvel é bem prático de preparar, basta misturar a quantidade de pó indicada na embalagem em sua bebida preferida. Não é necessário utilizar bebidas quentes e nem esquentar o Chá Verde depois de pronto, mas caso prefira uma bebida quente, tome cuidado para não ferver o produto para não reduzir a eficácia do chá.

No caso do preparo do chá a partir das próprias folhas da erva, é necessário cuidados para manter todas as propriedades da bebida: esquente a água a ser usada para fazer o chá, entretanto não a deixe ferver. Quando a água estiver quente, acrescente as folhas na proporção de 2 colheres de sopa para cada litro de água e desligue o fogo. Deixe as folhas imersas na água por 3 minutos, depois o chá pode ser coado e servido. O segredo é não deixar a folha ferver, porque seus princípios ativos são extremamente sensíveis à temperatura.

A quantidade ideal de Chá Verde para ser consumida por dia é de 3 a 4 xícaras, sendo no máximo 600 ml. A ingestão deve ser uma xícara a cada duas horas, sempre com no máximo 12 horas de preparo do chá e evite o consumo à noite, já que termogênicos podem atrapalhar a qualidade do sono.

Alguns cuidados ao se tomar Chá Verde

Existe uma dose limite de chá verde que pode ser consumida diariamente, 600 ml. No caso de consumo excessivo de chá verde, a pessoa pode ter insônia, gastrite e redução da absorção de alguns nutrientes como ferro e cálcio.

O Chá Verde deve ser evitado por gestantes, crianças, mulheres em fase de amamentação, hipertensos, pessoas com glaucoma ou hipertireoidismo. Essas precauções são necessárias devido aos efeitos termogênicos do chá verde que aceleram o metabolismo e podem causar alterações na pressão, o que é uma consequência séria para os grupos de risco.

No caso de gestantes e lactentes, o chá verde deve ser evitado, pois ele passa pela placenta e pelo leite materno para o bebê, que ainda é muito novo para receber altas doses de cafeína. Pessoas com gastrite também devem evitar tomar o chá verde nos períodos agudos da doença, pois a erva causa irritação da mucosa do estômago como o café.

Sempre informe o seu médico do consumo de chá verde caso faça uso de alguma medicação, ele é o profissional mais indicado para lhe informar se existe alguma interação entre o chá e sua medicação.

Conclusão

O Chá Verde traz benefícios para a saúde já conhecidos e comprovados pela ciência, para que esses benefícios sejam sentidos é preciso o consumo regular e em grande quantidade, já que se utiliza pouca erva para o preparo do chá.

No entanto, atenção para que seu consumo não exceda 600 ml ao dia e, atenção também aos grupos de risco, que são mais sensíveis à cafeína. Sempre consulte seu nutricionista ou médico antes de começar a fazer o uso do chá, para garantir que não tenha interferências em sua saúde.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos Relacionados