Chá de hibisco solúvel: queime até 2kg de gordura corporal por semana com a saborosa e prática bebida

Receba dicas exclusivas sobre nutrição, atividade física e bem-estar. Cadastre seu melhor e-mail ao lado (é grátis)!

Chá de hibisco solúvel: queime até 2kg de gordura corporal por semana com a saborosa e prática bebida

20 de agosto de 2018
Ana Carolina Rocha (CRN3 - 48025)
Nutricionista

chá de hibisco

Chá de hibisco: que tal aprender tudo sobre a bebida que além de saborosa, auxilia no emagrecimento saudável? Confira a seguir o superartigo que preparamos sobre a bebida que é a “febre” do momento: o chá de hibisco solúvel.

No mercado encontramos diversas opções de bebidas para mantermos nosso corpo em forma, o chá é uma versão prática e versátil, que pode ser adaptada tanto ao inverno quanto ao verão.

Iremos agora explicar sobre o chá de hibisco, ou chá vermelho, como ele nos ajuda a emagrecer e suas propriedades benéficas para o organismo.

O que é o Hibisco?

o que é o hibisco

Hibisco é um gênero de flor, com diversos tipos de espécies, que podem ser ornamentais ou comestíveis.

Seu chá, de cor vermelha e sabor que lembra as frutas vermelhas, é preparado com o cálice do botão seco da flor chamada Hibiscus sabdariffa.

Dentre suas propriedades nutricionais, vale destacar a alta concentração vitamina A, C e B1, ferro, cálcio, magnésio e de antioxidantes, como as antocianinas, responsáveis pelos efeitos benéficos da planta.

O hibisco não tem cafeína em sua composição, sendo o uso por pessoas hipertensas liberado e, inclusive, recomendado para esse grupo.

Seu chá é um bom substituto ao chá verde, sendo opção para quem não gosta do sabor ou quer variar o cardápio.

Benefícios do chá de hibisco

Estudos têm comprovado o uso do chá de hibisco como diurético, bactericida, laxante, no tratamento de pedra nos rins, assim como para tratar danos no fígado e efeitos da ressaca.

É conhecido também por sua ação na diminuição dos níveis de lipídios totais, colesterol e triglicérides do sangue.

Sendo os seus efeitos sentidos também através da suplementação de 3g/dia de hibisco, como extrato ou em cápsulas concentradas. Esse benefício é sentido, inclusive, por pessoas obesas, com síndrome metabólica ou diabéticas.

Embora ainda necessite de mais pesquisas, é utilizado ao redor do mundo com diversas finalidades terapêuticas. Em 2008, um estudo apresentado na Associação Americana de Cardiologia mostrou que o consumo diário de chá de hibisco, associado a uma dieta saudável, diminuiu o padrão de pressão dos voluntários hipertensos.

No sul do México o chá de hibisco já é tradicionalmente utilizado como uma bebida que auxilia no tratamento da obesidade.

Os antioxidantes, como os presentes no hibisco, ajudam o organismo a lutar contra os radicais livres, responsáveis por causar danos ao corpo que consequentemente se tornam doenças crônicas não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares. Por este motivo, o consumo habitual de antioxidantes ajuda a proteger o nosso organismo.

Como o chá de hibisco emagrece?

como o chá de hibisco emagrece

O chá de hibisco, quando associado a uma dieta balanceada a atividade física, aumenta a velocidade da perda de peso. Isso é causado pelos seguintes mecanismos:

Prieto et al, (2013) em seu estudo, apontou o efeito termogênico do hibisco na redução de peso, sem alterações significativas na fome ou na saciedade.

Seu efeito termogênico não está relacionado à cafeína (que não é encontrada na planta), mas possivelmente aos compostos antioxidantes presentes no hibisco.

O “efeito termogênico” é o aumento na velocidade de nosso metabolismo e, consequentemente, nosso gasto calórico. Outro estudo, publicado em 2014 na revista Food & Function, apresentou que há perda de gordura abdominal em indivíduos obesos que faziam o consumo de extrato de hibisco.

O hibisco também reduz a formação de novas células de gorduras, impedindo o acúmulo de nova camada gordura corporal. Ou seja, além de nos ajudar a perder a gordura já acumulada ele também colabora para que não acumule mais.

Sua ação diurética, efeito do uso regular do chá de hibisco, reduz sensivelmente a retenção de líquidos. Essa retenção é causada por motivos genéticos, ou também relacionados à alimentação, sendo os alimentos ricos em sódio os que mais interferem no acúmulo de líquidos.

Essa retenção, muitas vezes, é parcialmente responsável pelo excesso de peso do indivíduo. Portanto, a eliminação de líquidos é recomendada para as pessoas que querem perder peso. Juntamente com os líquidos, o excesso de toxinas é eliminado pela urina.

E como todo chá, o de hibisco possui poucas calorias (caso não adoçado), sendo uma opção mais vantajosa para quem quer reduzir o valor calórico da dieta, mas não abre mão de uma bebida saborosa para tomar durante o dia.

Chá de hibisco melhora o funcionamento do organismo

chá de hibisco melhora o funcionamento do organismo

O hibisco possui propriedades que melhoram a sensibilidade à insulina, sendo que assim há a diminuição na vontade de comer doces e comidas ricas em carboidratos.

O chá de hibisco também auxilia no controle da ansiedade, um efeito muito importante para as pessoas que estão em processo de emagrecimento.

Com a correria do dia-a-dia é comum sermos acometidos por ansiedade e, muitas vezes, descontarmos na comida.

O controle da ansiedade, através do consumo do chá, diminui a necessidade por doces ou picos de gula ao longo do dia.

O consumo do chá também melhora a qualidade da digestão dos alimentos, tendo como consequência melhor funcionamento do organismo.

A má digestão dos alimentos está relacionada com sintomas como cólicas, azia, intestino preso e acúmulo de bactérias maléficas no intestino, que causam inchaço abdominal.

Melhora o trânsito intestinal

O consumo dessa bebida auxilia a regular o trânsito intestinal nas pessoas que apresentam constipação (intestino preso).

Quanto devo tomar de chá de hibisco por dia?

A quantidade ideal a ser ingerida é a de 200ml por dia, e seu consumo deve ser preferencialmente fracionado ao longo do dia, mas evitado ser próximo a hora de dormir, já que seu efeito termogênico pode afetar o sono de pessoas mais sensíveis.

Maneira ideal de se preparar o chá de hibisco

maneira ideal de se preparar o chá de hibisco

Antes de tudo, é essencial escolher o chá de hibisco de uma empresa confiável, para assegurar de que se trata de um produto de qualidade e que lhe trará os efeitos desejados.

Para manter as propriedades benéficas do hibisco, é importante prepará-lo da maneira correta:

  • Ferva a água para o chá e desligue o fogo.
  • Coloque o hibisco desidratado na água quente, fora do fogo, e mantenha tampado por até 5 minutos.
  • Coe (se necessário) e sirva em seguida ou gelado (não reaqueça o chá).

*10 gramas de hibisco (2 colheres de sopa) são suficientes para preparar 1 litro de chá.

Para preparar o chá solúvel sem perder seus benefícios, a dica é não ferver o chá depois de pronto. Utiliza água para dissolver o pó e consuma-o quente ou frio.

  • Siga as instruções de preparo que estão no rótulo do produto.

Caso queira misturar tipos diferentes de chá ou adicionar frutas ou especiarias a sua escolha, a dica é fazê-lo durante a fervura da água, pois o hibisco não pode ser fervido, já que os antioxidantes presentes na planta não se mantêm em altas temperaturas.

Potencialize os efeitos do chá de hibisco

Que tal potencializar os efeitos do chá?

  • Na hora de preparar sua bebida, inclua outros alimentos termogênicos, como o gengibre e a canela, para acelerar o metabolismo;
  • O chá de hibisco misturado ao chá de cavalinha é uma potente combinação para o efeito termogênico da bebida;
  • Para um efeito mais diurético, bata o chá de hibisco com melancia – e não se esqueça de beber bastante água;
  • Misture diferentes tipos de chá, como o chá ver e o chá preto;
  • Uma forma gostosa de aumentar o consumo de frutas no dia é bater o chá de hibisco com elas, frutas vermelhas são as que mais combinam com o hibisco;
  • Evite fazer o uso de açúcar, mel ou adoçantes no chá quando utilizado para emagrecer. Caso sinta que o chá de hibisco puro é muito azedo, faça seu preparo associado a outros chás ou com frutas.

Chá solúvel vs. chá de hibisco in natura

O consumo de hibisco através de chá solúvel não interfere nos benefícios desejados, pois sua composição mantém as propriedades do hibisco in natura.

A versão solúvel do chá traz praticidade ao dia a dia, podendo ser preparada em qualquer lugar.

O preparo do chá tradicional, quando feito pela manhã e tomado ao longo do dia, pode acarretar em perda dos nutrientes caso a bebida não seja devidamente armazenada.

Para preservar as propriedades do chá pronto por mais tempo, o ideal é que seja armazenado em baixa temperatura e em recipiente opaco.

Existe um limite para o consumo do chá de hibisco?

Sim, apesar de seus benefícios, a quantidade de consumo ideal não deve ultrapassar 500ml/dia.

Cuidado: contraindicações do chá de hibisco

cuidado contraindicações do chá de hibisco

O chá de hibisco é contraindicado para pessoas que naturalmente apresentam pressão baixa, pois um dos efeitos de seu consumo é justamente reduzir a pressão arterial.

Gestantes ou portadores de doenças renais devem solicitar orientação médica quanto ao consumo do chá, pois o efeito diurético do hibisco pode trazer efeitos colaterais mais graves para estes grupos de risco.

Outra contraindicação é para as pessoas que estejam fazendo o uso de remédio contendo acetaminofeno, como o Tylenol. Isso porque o hibisco interage com esta droga e aumenta a velocidade que ela é liberada no corpo.

Chá de hibisco causa infertilidade?

Existem estudos que mostram que o consumo de chá de hibisco pode afetar o equilíbrio hormonal do estrogênio, e, com isso, inibir a ovulação e causar uma infertilidade transitória.

No entanto, esse efeito colateral só é causado no período em que a mulher esteja fazendo o consumo regular do chá, voltando aos níveis hormonais normais quando parar seu consumo.

Não é comprovado efeito abortivo do chá de hibisco, no entanto, por alterar os níveis hormonais, não é recomendado que se faça seu consumo durante a gestação.

Contudo, ainda são necessários mais estudos para que se entenda melhor esse mecanismo e garanta que, realmente, o hibisco possui esse efeito colateral nas mulheres.

Conclusão (recapitulando…)

O chá de hibisco tem sido amplamente estudado para comprovar seus efeitos benéficos para a saúde. Seu consumo é popular pelo mundo inteiro, principalmente como chá medicinal.

O hibisco é uma planta de alto valor nutricional, rica em vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes. Dentre os benefícios que vale a pena destacar do uso do chá de hibisco está a redução do colesterol, da hipertensão e da retenção de líquidos.

Diversos estudos comprovam que o uso regular de chá de hibisco auxilia na perda de peso e de circunferência abdominal em pessoas obesas, sendo que o consumo diário ideal é de 200ml e que não se deve ultrapassar 500ml por dia.

Quando associado a atividade física e dieta balanceada, os efeitos do chá de hibisco são mais rápidos e duradouros.

Seu consumo é contraindicado para pessoas que tenham pressão naturalmente mais baixa, que estejam sob a medicação acetaminofeno, ou por mulheres que estejam planejando engravidar.

Procure orientação de seu nutricionista ou médico antes de começar a fazer o consumo regular do chá, para garantir que o chá lhe trará efeitos colaterais e que sua perda de peso seja saudável e duradoura.

Lembre-se de preparar o chá de maneira a garantir as propriedades benéficas do chá e aproveite essa deliciosa bebida que pode ser tomada quente ou fria.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos Relacionados